Como Fotografar a Lua

    Um guia rápido para tirar boas fotografias da Lua. Dicas e configurações sobre: obturador, lentes, diafragma e composição.
capa-como-fotografar-lua
Tempo Estimado para Leitura: 6 minutos

Como Fotografar a Lua

  1. Equipamento: lente zoom de pelo menos 120mm
  2. Configuração: diafragma (abertura) menor que 'F8' e obturador mais rápido que 1/125 s. Com o 'medidor de ponto' de luz na lua, balanço de branco em 'luz do dia' e com os menores valores de ISO possíveis.
  3. Composição: tente fotografar a lua no horizonte junto com outros elementos do cenário
lua-cheia-bill-ingalls
Foto da lua cheia no capitólio americano, por Bill Ingals Fotógrafo da Nasa

Super Lua Azul de Sangue

    Super lua, Lua Azul e Lua de Sangue, dia 31 de Janeiro de 2018 os três fenômenos aconteceram de forma simultânea. Tirar uma boa foto da lua já é um sonho de infância realizado, e junto com todos estes fenômenos é ainda mais raro, o último aconteceu há 150 anos.

    No fenômeno da super lua, ela fica 15% maior, 30% mais brilhante e acontece toda vez que a lua cheia ocorre na passagem do astro pelo seu perigeu, o ponto da órbita da lua em que ela esta mais próxima da Terra. Apesar de variar bastante em Nov 2016 passou o mais próximo possível, 356 mil km, a próxima vez que chegará tão perto de novo será em 2034.

    Quando existem duas luas cheias no mesmo mês, a segunda recebe o nome de lua azul. "Once in a blue moon" é uma expressão em língua inglesa usada para fazer referência a eventos que costumam acontecer muito raramente. Há relatos de que a lua foi vista em tons de azul no ano de 1883 quando ocorreu a erupção do vulcão Krakatoa. As cinzas do vulcão provocavam a dispersão da luz vermelha, permitindo a passagem apenas dos tons azuis e verdes. Há ainda outros relatos relacionados a erupções de vulcões como o Monte Santa Helena em 1980, El Chichon em 1983 e o Monte Pinatubo em 1991.

    A lua de sangue acontece quando há um eclipse lunar total, isto é, quando a Terra está exatamente entre o sol e a lua, e a iluminação refletida pela superfície da lua é produto da refração da luz solar pela atmosfera terrestre. Esse fenômeno de dispersão projetando o espectro vermelho da a ela a cor avermelhada.
esquema-eclipse-lunar
fenômeno de refação do eclipse lunar

Dicas para fotografar a Lua

Lente teleobjetiva

como-fotografar-lua-fotografia-tutorial-céu-preto
Mesmo com uma lente zoom sua foto tera mais ou menos esse aspecto
    Para fotografar a lua você precisa de uma lente tele objetiva ou zoom, pois como a lua está longe, precisa aproximar a imagem. Se você tem uma máquina com o sensor cropado o fator de multiplicação da a sensação que a lente tem um zoom maior. Uma lente 70-200mm com o sensor cropado de fator de multiplicação de 1,5 é equiparável a uma 105-300mm em uma full frame.
como-fotografar-lua-fotografia-foto-cortada
Editando e cortando fica assim

Configurações da Câmera

    Para medir a luz utilize o medidor por ponto (spot metering) para ver somente a luz que a lua emite. Para ter um bom alcance dinâmico e o foco exato da lua, utilize diafragma (abertura) menores do que F8. Uma dica importante é configuração de balanço de branco para LUZ DO DIA, porque apesar de estar a noite a lua já reflete luz o suficiente. Baseado nisso utilize os menores valores de ISO, com obturador o mais rápido possível, no mínimo 1/125 s. Apesar de não percebermos a olho nu, a lua se move rapidamente pelo céu (3.700 km/h), ou seja, usar velocidades baixos do obturador podem resultar em imagens borradas. Use o foco manual, se estiver difícil usa-lo diretamente na lua foque bem um objeto a no mínimo 30 metros de distancia.
tempo-exposição-lua
Contrariando a expectativa, a velocidade do obturador deve ser bem rápida, diferente do tradicional para fotos noturnas

Composição

    A dica de ouro é combinar as configurações e técnicas para tirar fotos da lua com uma boa composição e criatividade. Fotografar quando ela está no horizonte perto de outros elementos cria uma ilusão de ótica devido a lente zoom e faz a lua parece maior.
lua-cheia-mount-victoria
Mark Gee, autor da foto acima e do vídeo abaixo, estava a 2,1 km de distância, com uma Canon 1D Mark IV@ lente EF 500 mm f/4 e um tele conversor 2x. O fator de crop da camera é 1,3x e a lente junto com o tele conversor da o equivalente a 1300 mm em uma full frame.
    Um exemplo de composições que podem ser feitas utilizando equipamentos acessíveis e as técnicas certas. O vídeo acima não é acelerado, da para perceber claramente a velocidade da lua em comparação com as pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário